12/12/2013

A creche integral e uma educação de qualidade

Por: 

Vivina do C. Rios Balbino

Nossa meta deve ser sempre uma educação de qualidade em todos os níveis. Penso que tempo parcial nas creches públicas de Fortaleza não contribui para melhorar a educação infantil. De modo geral, as crianças que frequentam creches públicas são de baixa renda, os pais precisam trabalhar e não podem pagar uma babá para cuidar dos filhos. Não raro, incêndios, acidentes e crimes graves ocorrem com crianças sozinhas em casa ou cuidadas por irmãos maiores.

Por lei, Estado e família têm obrigação de proteger crianças e adolescentes. O desenvolvimento infantil de 0 a 3 anos de vida é especialmente decisivo. Na creche, a criança terá um desenvolvimento saudável: nutricional, motor, social, cognitivo e afetivo. Com mais verbas federais e criação de novas creches, a maior cobertura integral poderá ser alcançada.

Dados atuais mostram que, apesar de boas políticas públicas na área, aumento de verbas e com o Brasil Carinhoso, oito milhões de crianças menores de 3 anos ainda estão fora das creches. Menos de 25% das crianças de 0 a 3 anos estão em creches. O governo quer construir mais 6 mil creches até o fim de 2014. Até agora 1.180 foram entregues.

O desafio é grande - o País tem quase dez milhões e meio de crianças nessa faixa etária. Por lei, o ensino infantil é responsabilidade dos municípios, mas o Governo Federal ajuda as prefeituras, paga a construção das creches e repassa dinheiro para parte do pagamento de professores.

Países que investem mais em educação de qualidade alcançam excelentes índices econômicos, sociais e de qualidade de vida. É essencial também que os pais assumam com dedicação e afetividade a educação dos seus filhos aproveitando todo o tempo disponível para isso. O vínculo saudável entre família e escola/creche será base para a formação de crianças e adolescentes cidadãos.

Incentivar paternidade e maternidade responsáveis é fundamental no trabalho educativo nas creches. Pais e profissionais comprometidos sempre com a educação infantil de qualidade.

Tags: 

  • ECA
  • Educação