24/06/2013

Agressão, abuso sexual, descaso. Como estamos tratando nossas crianças?

Por: 

Equipe ANDI

Após percorrer várias cidades do País e investigar a situação da violência contra a criança, o repórter Marcelo Canellas afirma, em depoimento, que ficou impactado pela disparidade entre a teoria e a prática. “Após um ano de trabalho, o que ficou muito claro na nossa rotina de reportagem é o abismo enorme que existe entre aquilo que está na lei, entre o que aparece nas intenções do discurso oficial e a vida concreta das pessoas. Porque a lei fala em prioridade absoluta prá criança, e o que nós vimos em vários estados brasileiros foram conselhos tutelares absolutamente sucateados; a lei fala numa rede de proteção à criança formada pelo Estado brasileiro, pela sociedade e pela família e o que nós vimos muitas vezes foi um repertório inimaginável de crueldades contra crianças cometido quase sempre por pessoas muito próximas, por quem está dentro de casa e deveria proteger a criança”.

Confira na íntegra a reportagem especial sobre o retrato da violência e da omissão contra a criança no Brasil e assista ao depoimento de Marcelo Canellas, reconhecido pela ANDI – Comunicação e Direitos com o título de Jornalista Amigo da Criança.

Tags: 

  • Abandono/adoção
  • Cidadania
  • Direitos e Justiça
  • Direitos Humanos
  • ECA
  • Legislação
  • Primeira Infância
  • Conselhos Tutelares
  • Saúde
  • Violência
  • Violência Doméstica
  • Violência Sexual