14/01/2014

Está na hora de mudar de livro

Por: 

Equipe ANDI

Em artigo publicado no último dia 10, no jornal Zero Hora, a professora, Esther Pillar Grossi, discute sobre o tema da educação escolar. “Entendendo-se como educação escolar um espaço de construção de conhecimentos. Então, por que as aprendizagens são tão poucas?”, questiona. Ainda segundo Esther Grossi, esse questionamento, na verdade, é uma “constatação generalizada em todas as avaliações nacionais e internacionais”. Para a professora, que também é coordenadora de pesquisas do Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação (Geempa), de Porto Alegre (RS), o conhecimento só é absorvido, por exemplo, por quem já percorreu um longo processo de elaboração do estudo. Para Grossi, “a explicação ou a leitura vêm para explicitar ideias já presentes na mente do estudante. Isto, portanto, é válido para alguns alunos de famílias intelectualizadas que têm a chance em conversas nas quais recebem respostas a perguntas que, no dia a dia, ou, melhor ainda, em viagens, lhes são suscitadas, e que dispõem de jornais, de revistas, de livros, de filmes, de discos, de muitos contatos na internet etc.”  

Leia o artigo na íntegra no site do jornal Zero Hora

Tags: 

  • Educação