12/02/2014

Exerça a sua criticidade

Por: 

Equipe ANDI

O professor e jornalista Marcus Tavares, especializado em Educação e Mídia, questiona, em artigo publicado no jornal O Dia, no sábado (8), uma campanha lançada pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) em que a entidade afirma que recebe, todos os dias, dezenas de reclamações. “Muitas são justas. Outras, nem tanto”, diz o Conar. A campanha termina com a seguinte frase: “Confie em quem entende, confie no Conar”. "A campanha parece desqualificar a opinião do público que reclama dos abusos da publicidade, que é capaz de analisar o conteúdo e as imagens para além do simples entretenimento, do consumo fácil e do intervalo da programação. Nas entrelinhas, o Conar desqualifica tal público associando-o a cidadãos chatos, encrenqueiros e politicamente corretos", afirma Tavares.

Leia o artigo na íntegra no site do jornal O Dia.

Tags: 

  • Educação
  • Publicidade Infantil