09/04/2013

Luta silenciada, conquista histórica

Por: 

Juliana Cézar Nunes

Em artigo publicado no coletivo de mulheres negras do DF Pretas Candangas, a Jornalista Amiga da Criança Juliana Cézar Nunes fala sobre a conquista histórica e tardia das empregadas domésticas brasileiras. Ao todo, são 17 direitos trabalhistas garantidos após 125 anos de abolição da escravatura e 25 anos depois da promulgação da última Constituição. A imprensa brasileira, contudo, insiste em olhar esses benefícios sob a ótica do patrão e dar grande destaque à possível demissão em massa. Leia o artigo na íntegra.

Tags: 

  • Cidadania
  • Inclusão social
  • Direitos e Justiça
  • Violência Institucional