18/02/2014

Por uma escola adequada

Por: 

Equipe ANDI

Conforme explica o professor e escritor Ari Riboldi, "ensinar e saber também são verbos vindos do latim: 'insignere', [cujo significado é] colocar um sinal ou marca, assinalar, distinguir, mostrar, indicar". A partir desse resgate linguístico, Riboldi afirma: "O professor deve ter um carisma pessoal, intransferível. Deve, antes de todos, acreditar em si, crer no que professa. A sociedade deve-lhe respeito pela função que ele exerce, indispensável para o desenvolvimento. Se antes a informação só existia na escola e agora está disponível em muitos meios - jornal, TV, rádio, internet etc -, cabe ao professor e à escola a crucial tarefa de dar sentido a esses conhecimentos. Dar sentido é fazer a ligação com a vida do estudante, modificar sua vida, abrir-lhe horizontes. Ir além do imediato, do utilitário, agregar-lhe valor. Ajudá-lo a construir um projeto de vida, um futuro".

Leia o artigo na íntegra no site do jornal Zero Hora.

[Foto: Eduardo Martino/Documentography]

Tags: 

  • Educação