Direitos Humanos

Infância e Comunicação – Qualificar jornalistas para derrubar estereótipos

05/03/2013

A falta de conhecimento, de intimidade com o vocabulário, de fontes não qualificadas, a rotina apressada das redações e os preconceitos por parte da população são algumas das dificuldades para a qualificação da cobertura do tema adolescentes em conflito com a lei. Esses pontos foram levantados na tarde de hoje (05), no painel sobre Proteção da Imagem da Criança e do Adolescente na Mídia do evento Infância e Comunicação – Marcos Legais e Políticas Públicas.

Encerradas as inscrições do Programa InFormação

04/03/2013

As inscrições para o Programa InFormação se encerraram à meia-noite do dia 01º de março (sexta). Aos que se inscreveram, vale lembrar que é preciso enviar o projeto pelos Correios, até o dia 08 de março (valendo a data de postagem), para a Coordenação de Mobilização da ANDI, no endereço SDS, Ed. Boulevard, Bloco A, sala 101 – Brasília/DF, com CEP 70391-900.

Jornalistas ameaçados, cidadãos cerceados no direito à informação

22/02/2013

O Brasil é o segundo país mais perigoso do mundo para o trabalho dos jornalistas, atrás apenas do México. O levantamento é do Instituto Internacional de Imprensa (IPI), que aponta ainda o assassinato de 11 jornalistas brasileiros entre 2011 e 2013. Os jornalistas ameaçados de morte André Caramante e Mauri König, titulado Amigo da Criança, foram ouvidos na primeira reunião do Grupo de Trabalho sobre Direitos Humanos dos Profissionais de Comunicação do Brasil. O GT é da Secretaria de Direitos Humanos. Veja a análise de Mauri König, que foi obrigado a deixar o País em dezembro passado.

Ministério Público exige retratação de Datena, que responsabilizou ateus pelo aumento da violência

20/02/2013

A liberdade de expressão no País aceita que um apresentador de TV critique os ateus e os responsabilize pelo aumento da violência? O Ministério Público de São Paulo diz que não, e exige uma retratação do apresentador Datena, da TV Bandeirantes. Em 2010, analisando o crescimento da violência, Datena acusou os ateus. Veja a opinião de Célia Ladeira Mota, pesquisadora associada do Programa de Pós-graduação da FAC/UnB, sobre o caso.

Páginas

Subscribe to RSS - Direitos Humanos  Feed RSS